Onde se encontra o espaço de exposição de arte digital? Na criação de um produto cultural, quem define quem é artista? No Jandig  estas questões são evocadas usando Realidade Aumentada.

Celulares e tablets são usados para ler marcadores e assim abrir uma “janela” onde se encontram outros objetos de arte. O público é convidado a transcender o espaço de exposição, levando adesivos com marcadores para serem colados em outros locais, criando Zonas Autônomas Temporárias (TAZes). O público se torna co-autor, e os marcadores e obras digitais são reconfigurados pelos espaços.