memeLab

Blog do pixel

10 táticas para transformar informação em ação

10 de novembro de 20091 comentário

“Info-ativismo é sobre transformar informação e ação”

10 táticas para transformar informação em ação (10 tactics for turning information into action) inclui histórias de mais de 35 defensores de direitos em todo o mundo que utilizaram informação e tecnologias digitais para gerar mudanças positivas. Esse projeto, do Tactical Technology Collective, inclui um vídeo com 25 entrevistas além de um deck de cartas que detalham estudos de caso, ferramentas e provê conselhos de pessoas sobre as táticas e ferramentas que utilizaram em diferentes contextos.

Stephanie Hankey, co-fundadora do Tactical Tech diz, “O projeto aconteceu quando nos organizamos um acampamento de info-ativismo na Índia mas cedo nesse ano. O evento trouxe mais de 100 defensores de direitos, tecnologistas e designers de todo o mundo que nós sabíamos que tem histórias bem interessantes para contar sobre como transformaram informação em ação usando tecnologias digitais. Decidimos documentar e explorar histórias das pessoas através do acampamento. Quando terminamos, sabíamos que o material coletado era digno de nota. Muitas das histórias destacaram uso inovador da Internet e tecnologias digitais. Elas mostraram o que é possível para defensores de direitos alcançar com muito poucos recursos.

As 35 histórias de info-ativismo incluídas são de 24 países diferentes, como Líbano, Índia, Tunísia, Egito, Quênia, Indonésia, África do Sul e Reino Unido. Elas incluem a história de Noha Atef cujo blog, TortureinEgypt.net, causou a soltura de pessoas presas ilegalmente no Egito. Sami Gharbia explica como ativistas perturbaram o governo da Tunísia quando utilizaram Google Earth e Google Maps para divulgar histórias de abuso de direitos. Dale Kongmont explica como ele usa karaokê de vídeo e YouTube no Camboja para falar sobre os maus tratos e direitos de profissionais do sexo na Ásia. Ken Banks, criador do FrontlineSMS, fala sobre como seu software, que permite às pessoas enviar e receber mensagens de texto de celular em massa, foi utilizado para relatos comunitários durante confrontos violentos em Madagascar. Dina Mehta, da Índia, explica como é ser parte de um grupo online que trabalhou via Twitter para arrecadar doações de sangue e outros itens essenciais para hospitais durante os ataques terroristas de Mumbai.

Tanya Notley, que gerenciou o projeto diz, “Esperamos que essas histórias sejam utilizadas para inspirar outros. O vídeo e cartas provêem um tipo profundo de antecedentes que normalmente não se têm acesso. Pessoas nos contaram o quanto custou seu ativismo digital, que ferramentas utilizaram, quais habilidades foram necessárias, qual era o contexto local e revelaram exatamente o que aconteceu. Todas essas informações podem ser utilizadas por outras pessoas para desenvolver suas idéias.”

10 táticas para info-ativismo vai ser lançado dia 4 de dezembro em Londres. Haverão também exibições em pelo menos 10 outras cidades em todo o mundo, incluindo no Brasil. Mais detalhes aqui.

Para mais informações e entrevistas contacte (em inglês):

For more information and interviews contact
Tanya Notley
Tactical Technology Collective
Email: infoactivism[at]tacticaltech.org
Ph: +44 (0)7726243168

1 Comentário

  1. mcolacino disse:

    massa mano Pixel 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *