memeLab

Blog do pixel

oficinas no Consegi

25 de agosto de 2009Comente!

entre 26 a 28/8 haverá em Brasília o Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletrônico – Consegi – onde vou dar as oficinas “Interfaces e interatividade”, junto com Tiago Pimentel (do Projeto Casa Brasil), e “Edição de vídeos com LiVES”.

Interfaces e interatividade
Oficina de experimentação tecnológica. Serão realizados experimentos de interfaces interativas com softwares livres.
Onde: Tenda Cultural Imre Simon
Quando: 26/8, 10 a 12h

Edição de vídeos com LiVES
Na oficina será feita a apresentação do LiVES, um software livre de edição não linear capaz de editar vídeos em tempo real, de modo que pode ser utilizado tanto para edição de vídeos como para performances ao vivo (video jocking). Será apresentado um histórico do software, bem como seus principais recursos e alguns vídeos editados com ele.
Onde: Sala Comunidade Apache
Quando: 28/8, 14 a 16h45

instalando Mobile Processing

19 de agosto de 2009Comente!

acabei de instalar, através de um manual que Mauro Rubens me passou, o Mobile Processing no Ubuntu 9.04. como não há documentação em português desse processo, e a documentação em inglês não resolveu perfeitamente o problema, seguem os passos que funcionaram.

1) instalar o Sun Java (utilize a versão 5) pelo Synaptic

2) instalar o Sun Java Wireless Toolkit 2.2 for Linux

http://java.sun.com/products/sjwtoolkit/download-2_2.html

após fazer download, execute o instalador. ele vai pedir para especificar um caminho para o Java SDK, a resposta provavalmente será ‘/usr/bin’, depois ele vai perguntar onde deve ser instalado o JWT.

3) instalar o Mobile Processing

http://mjs.darkgreenmedia.com/site/data/repository/1/products/mobile-0006-expert.tgz

após descompactar o arquivo, basta executar com ./mobile. assim que o software abrir, entre em File > Preferences e abra a aba “Mobile”, nela digite o endereço do JWT (o mesmo escolhido acima).

remix

13 de agosto de 2009Comente!

Cap. VI da lei 9610/98

Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:

VIII – a reprodução, em quaisquer obras, de pequenos trechos de obras preexistentes, de qualquer natureza, ou de obra integral, quando de artes plásticas, sempre que a reprodução em si não seja o objetivo principal da obra nova e que não prejudique a exploração normal da obra reproduzida nem cause um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos autores.

II Install Fest do MetaProjeto

28 de julho de 2009Comente!

Dia 31 de Julho: Traga seu computador para instalação gratuita de um sistema operacional Linux!

O “Install Fest” (festa da instalação) é uma atividade muito comum na comunidade do software livre. Trata-se de um dia agendado no qual as pessoas interessadas no sistema operacional Gnu/Linux levam seus computadores para um determinado local (nesse caso o a data é 31/7 e o local é o Acessa SP do Parque da Juventude), para terem esse sistema instalado e configurado por usuários experientes. Além disso, esse é um momento de confraternização em que os usuários colocam os assuntos em dia, trocam materiais, assistem filmes, etc.

Cartaz: http://yfrog.com/5ecartazwebp
Data/horário: 31 de julho, das 9h às 18h
Contato/dúvidas: oficinaspj@gmail.com e www.acessasp.sp.gov.br
Local: Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Parque da Juventude – Santana – SP – Prédio 1 – 1º Andar – próximo do Metrô Carandiru

Princípios do Open Video

21 de julho de 2009Comente!

Os princípios do ecosistema do Open Video são um mapa técnico para um futuro do vídeo mais descentralizado, diverso, competitivo, acessível, interoperável e inovativo. Nós visualizamos um uso de vídeo mais democrático e universal – assim como o texto e imagens são hoje em dia. Os princípios cobrem os seguintes tópicos:

  1. Autoria e visualização — As ferramentas de criação, edição e execução devem ser universais, fáceis de usar, acessíveis, e disponíveis em implementações livres e de código aberto.
  2. Padrões abertos para vídeo — Padrões de vídeo (formatos, codecs, metadados, etc.) devem ser abertos, interoperáveis e livres de royalties.
  3. Distribuição aberta — Plataformas de software devem suportar padrões e licenças livres. Redes devem se manter neutras.
  4. Cultura rica e participativa — Leis que governam a propriedade intelectual não devem desencorajar a cultura participativa. Por padrão, conteúdo de vídeo deve estar disponível sem barreiras tecnológicas ou limitações de acesso.
  5. Liberdades civis e direitos básicos — Pessoas devem ter o direito de participar em uma cultura democrática com privacidade, liberdade de expressão, termos de serviço não limitantes, e direito de difusão.

Traduzido de: http://openvideoconference.org/principles/