memeLab

BLOG

Posts com a tag cultura digital

14° Encontro AVLAB São Paulo: Devices para produção musical

5 de outubro de 2011Comente!

O próximo encontro, dia 11 de outubro, recebe os publicitários Philippe Bertrand e Bruno Tozzini, que irão apresentar formas atuais e tendências para produção sonora. O evento terá transmissão ao vivo no link http://memelab.com.br/aovivo

(mais…)

memeLab transmite Encontro AVLAB de maio

5 de maio de 2011Comente!

No dia 17 de maio, realizaremos mais uma transmissão ao vivo do Encontro AVLAB. O evento acontece das 19h às 21h, no Centro Cultural Espanha em São Paulo. Nesta edição, intitulada Dançando entre códigos, o debate está dedicado às novas tecnologias e dinâmicas interativas aplicadas a dança. (mais…)

AVLAB tem transmissão ao vivo

12 de abril de 20112 comentários

AVLAB SP #10 – Decifrando outras linguagens acontece nesta terça-feira, 12 de abril.

Convidados nessa edição: Fernando Capovilla – (tele)avaliação de linguagem oral, escrita e de sinais; Jose Maria Marin – importância das tecnologias da comunicação na democratização do acesso à saúde e educação; Mauro Rubens – alfabetização digital: uma perpectiva transmídia.

(mais…)

Leigos

1 de dezembro de 2010Comente!

Nosso projeto para as Microbolsas Hackers

A memeLab tem uma ideia para concorrer a uma das Microbolsas Hacker. Trata-se do Leigos – um site que visa tornar a linguagem jurídica mais acessível ao cidadão, por meio da “tradução” colaborativa de documentos da legislação brasileira (mais…)

Fórum da Cultura Digital Brasileira 2010

9 de novembro de 2010Comente!

Com informações do http://culturadigital.br/forum2010

A 2ª edição do Fórum da Cultura Digital Brasileira, a ser realizada entre os dias 14 e 17 de novembro de 2010, pretende congregar, conforme ocorreu em 2009, as iniciativas de cultura e comunicação existentes no país que estão conectadas pela rede social CulturaDigital.br, lançada em julho de 2009. A memeLab presta consultoria em tecnologia para todo o evento, que além dos debates, terá abertura marcada pelo show Futurível, reunindo Gilberto Gil, Macaco Bong e outros artistas.

Todo trabalho de articulação em rede é estruturado a partir da relação entre ações no plano virtual e dinamizado por encontros presenciais. No ano passado, a primeira edição do Fórum consolidou o espaço do debate sobre Cultura Digital no País, a partir de cinco eixos temáticos de discussão: arte, comunicação, economia, infraestrutura e memória.

Este ano, a proposta é dar visibilidade aos processos emergentes na rede, às diferentes comunidades de práticas e interesses que se organizaram ao longo do ano, levantando questões e propondo formulações para subsidiar políticas públicas de cultura contemporâneas. Também será o momento de celebrar o ciclo criativo da cultura digital, que se aprofundou com a indução feita pelo Ministério da Cultura desde 2003.

A programação colaborativa do Fórum será resultado de um prévio trabalho de mobilização e articulação que garanta a difusão do evento entre as redes existentes e assim possa atrair os principais grupos contemporâneos de cultura que trabalham a rede de forma estrutural, como os Pontos de Cultura, os Pontos de Mídia Livre, o Circuito Fora do Eixo, o Metareciclagem, as redes integradas do ArteMov (mobilidade), as redes de arte digital, os agentes mobilizados pelo Simpósio Internacional de Políticas Públicas para Acervos Digitais, sempre com prioridade para os participantes da Rede CulturaDigital.br, cujo objetivo é constituir-se como uma rede de redes.

Essa rede social, pioneira na articulação de pessoas e organizações com o intuito de promover a elaboração de políticas públicas para a era digital, reúne atualmente mais de 5 mil membros. Em 2010, a rede recebeu Menção Honrosa no mais importante prêmio europeu de arte e tecnologia, o Ars Electronica.

O evento também pretende, como ocorreu no ano passado, abrir espaço para expressões artísticas emergentes do mundo das redes, antecipando tendências e apresentando a diversidade cultural brasileira para o público participante e para a mídia de São Paulo.

Também estão previstas palestras ligadas aos temas principais da agenda da Cultura Digital no país, como o Plano Nacional de Banda Larga, a nova Lei de Direito Autoral e o Marco Civil da Internet, entre outros temas a serem definidos no correr do processo, com a participação dos usuários da rede CulturaDigital.br.

SERVIÇO

Quando: 14 a 17 de novembro de 2010.
Onde: Auditório do Ibirapuera e Cinemateca Brasileira, São Paulo
Quanto: Entrada franca.

Confira a programação!

II Seminário Nacional do Grupo de Estudos de Práticas Culturais Contemporâneas

18 de outubro de 2010Comente!

O Coletivo Digital convida a todos os amigos e parceiros a participarem do II Seminário Nacional do Grupo de Estudos de Práticas Culturais Contemporâneas, que será realizado nos dias 21 e 22 de outubro na PUC-SP e terá como tema “Novas Tecnologias e Práticas Culturais Contemporâneas”

Segue abaixo a programação:

PROGRAMAÇÃO

Dia 21/10/2010 – das 9:00 às 12:00 hs.
Mesa 1 Novas Tecnologias e Práticas Culturais: a abrangência das transformações
Drica Guzzi (Escola do Futuro)
Marcelo Manzatti (Rede culturaspopularesBR)
Mediador: Wilken Davi Sanches (doutorando PUC-SP/ Coletivo Digital)

Dia 21/10/2010 – das 14:30 às 17:30 hs
Mesa 2 Corporeidades e subjetividades do presente e do futuro
Beatriz Ferreira Pires (EACH/ USP)
Helena de Lima Corvini (mestranda PUC-SP)
Mediador e expositor: Jorge Leite Jr. (UFSCar)

Dia 22/10/2010 – das 9:00 às 12:00 hs.
Mesa 3 Política na era tecnológica
Marijane Lisboa (PUC-SP)
Renato Rovai (Revista Forum/ Movimento Bloguista)
Mediador: Marco Antonio de Almeida (USP)

Dia 22/10/2010 – das 14:30 às 17:30 hs
Mesa 4 Reconfigurações das práticas e vivências do popular
José Rogério Lopes (Unisinos- RS)
Elder Maia Alves (UFAL)
Lelo Morais e Rafael Rocha (Grupo Ilê Aláfia)
Mediador: André Luiz da Silva (doutorando PUC-SP/ UNITAU)

Local: PUC-SP Rua M inistro Godói n. 969 – 5º. Andar- sala 526 – Perdizes – SP
Coordenação Geral: Profa. Dra. Maria Celeste Mira (PUC-SP)

Realização: GEPRACC Grupo de Estudos de Práticas Culturais Contemporâneas
Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP

Visitas técnicas aos espaços da OVC

30 de setembro de 2010Comente!

Na última quarta (28), passamos o dia correndo para afinar os horários de montagem e a lista dos equipamentos.

Visitamos o NYC Interactive Telecommunications Program, quando passamos no incrível espaço da Universidade para conhecermos as salas e equipe técnica que dará suporte para o hack day da OVC no dia 3 de outubro.

Logo no hall do 4o andar, entramos e pudemos nos deparar com um barulhinho peculiar: peças de madeira se movendo a cada movimento na sala…É o Wooden Mirror, de Daniel Rozin, que através do sensor de uma câmera posicionado no centro do espelho de 170cm de altura, identifica a área dos objetos em frente à lente e move algumas das 830 peças de madeira, representando por meio do contraste da sombra nas peças movidas, a figura captada, perfeitamente.

Foto do espelho de madeira no Museu de Israel

Depois, fomos ao auditório do TIF – Fashion Institute of Technology, onde será sediada a sala principal da conferência. Checamos tomadas disponíveis, localização da mesa de set up do streaming, câmeras e afinamos os detalhes e horários com a equipe técnica do local.

Muita correria para conseguir os últimos itens do set up. Hoje vamos à rua comprar uma Edirol V8 e scan converters para completar o que nos falta.

Cinema do Brasil oferece imersão no mundo transmidiático

20 de setembro de 2010Comente!

e-flyer - clique para ampliar. distribua.

O Programa Cinema do Brasil, em parceria com o Ministério da Cultura, o Programa Up to 3’, o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP) e o Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, realizarão o I Workshop de Bíblias Transmídia, ministrado por Jesse Cleverly, sócio-diretor de criação da Connective Media Solutions e ex-diretor de coprodução e aquisição de conteúdo da BBC Children.

O seminário internacional tem como objetivo capacitar os participantes para o desenvolvimento de projetos em crossmedia a partir de uma proposta de conteúdo audiovisual multiplataforma ligada as mais diversas áreas, como cinema, artes plásticas, literatura, quadrinhos, meio-ambiente, sociedade, design, games e novas linguagens.

Interessados em participar têm até o dia 5 de outubro para inscrever propostas que contemplem, pelo menos, três mídias, entre elas uma necessariamente audiovisual.  Uma comissão de seleção, encabeçada por Cleverly, selecionará 10 propostas.
Segundo Marilia Perracini, gerente executiva do Programa Cinema do Brasil, o evento acontecerá em duas etapas, no MIS-SP. “O workshop inicial apresentará os conceitos e fundamentos de Transmídia, aplicados e dirigidos às propostas participantes. Durante três meses, as propostas serão desenvolvidas e arquitetadas em bíblias transmídia, através de um trabalho intenso (à distância) entre os participantes e Jesse Cleverly.

Já na segunda fase, os projetos serão finalizados e cinco serão escolhidos para fazer parte de uma sessão de pitching com ‘compradores
de conteúdo’ internacionais”, explica Marilia.

Dinâmica:

1ª. Etapa (19 e 20 de novembro) – O Workshop inicial apresentará os conceitos e fundamentos de Transmídia, aplicados e dirigidos às propostas participantes. Durante três meses, as propostas serão desenvolvidas e arquitetadas em projetos através de um trabalho intenso (à  distância) entre os participantes e ministrante.
2ª. Etapa (26 e 27 de fevereiro) – Workshop final – Nesta fase todos os projetos serão finalizados e cinco serão escolhidos para fazer parte do pitching com compradores de conteúdo internacionais.

Tópicos que serão abordados:

*Introdução transmídia.
– Os grandes temas da transmídia – o que é.
– Projeto: Temas, objetivos, público, clientes, rentabilidade e
mensagens-chave, e benefício.
– Criar um universo narrativo, encontrar o centro moral e mapear a transmídia.
– Roteiro, gênero e duração.
– O público – a tecnologia e os hábitos de mídia, desejos e necessidades.
– Abordagem, a plataforma-chave, as capacidades de relação e o índice
de alocação / plataforma.
– Cronograma do projeto, dividido por plataformas.
– Dinheiro: Possível orçamento, clientes, fontes de receitas e estratégias.
– Desenvolvimento

Investimento: R$ 300,00 (Associados do Cinema do Brasil têm 50% de
desconto / Associados dos Programas Brazilian TV Producers, da Film
Brazil, ABDESIGN, Projeto Brasil Arte Contemporânea e  Brazilian
Publishers têm 20% de desconto).
Inscrição: Tanto associados como não associados poderão encaminhar,
gratuitamente, suas propostas até o dia 5 de outubro. Para que a
inscrição do projeto seja efetivada é necessário preencher o
formulário de inscrição no site do UpTo3´ www.upto3.com; e enviar o
projeto em português e inglês para os emails: transmidia@upto3.com e
eventos@cinemadobrasil.org.br

Regulamento:

–  O Programa aceita propostas de roteiristas e criadores individuais, bem como de empresas e organizações que trabalham com Broadcasting,
Cinema, Propaganda, Publicações, Quadrinhos, Artes Plasticas e Visuais, Mídia Digital, Teatro, Circo, Música, Dança, Meio-Ambiente,
bem como as organizações sociais que lidam com grupos específicos dentro da sociedade.

– Os participantes precisam ter fluência em inglês.

As propostas devem:

– Ter de 2 a 4  páginas e conter, de maneira resumida a descrição do projeto
– Demonstrar um senso de narrativa forte
– Ter um público-alvo definido (target da audiência)
– Apontar quais as mídias envolvidas e porque elas são particularmente adequadas para a implementação de projeto;
– Comunicar o envolvimentos dos criadores
– Explicar as razões pelas quais estão bem capacitados para o desenvolvimento do  projeto em múltiplas plataformas.
– Delinear as experiências anteriores, apontando os conhecimentos específicos: É preciso enviar o currículo do criador do projeto, com
indicação da empresa produtora que irá executar o projeto, e um link de trabalhos realizados. Caso o autor não tenha experiência na área
audiovisual, é necessário o envio do currículo do representante do projeto (ligado à área audiovisual).

Elo Company divulga resultado do GT de Novas Mídias

6 de agosto de 2010Comente!

Elo CompanyEstá disponível para consulta o resultado do Grupo de Trabalho de Novas Mídias, formado especificamente para o Congresso Brasileiro de Cinema. O documento possui como objetivo apontar possíveis caminhos para a discussão e o aprofundamento sobre o tema durante a realização do CBC.

A Elo é uma empresa pioneira em novas mídias no Brasil e parte integrante do grupo, mas vale ressaltar que as opiniões que constam nesse documento refletem somente algumas sugestões de todos os membros para a elaboração posterior de um planejamento estratégico.

Para o desenvolvimento de políticas públicas que reflitam a realidade desse mercado, o grupo conta com a participação de todos os interessados, no sentido de enviar de comentários e contribuições. O documento está disponível para consuilta no site da Elo. As sugestões serão consolidadas e repassadas para o grupo, cuja coordenação está a cargo de Chico Faganello. Comentários podem ser feitos no Facebook GRUPO ELO CHANNELS ou pelo email sabrina@elocompany.com

Inscrições abertas para Mostra do Vídeo Livre

10 de julho de 2010Comente!

Estão abertas as inscrições para a Mostra do Vídeo Livre, evento que será realizado pela Aliança do Vídeo Livre durante o 11º Fórum Internacional do Software Livre (FISL), de 21 a 24 de julho, em Porto Alegre, RS.

Produtores de vídeo que tenham obras publicadas com licenças permissivas (como Creative Commons) podem participar, independentemente da duração, gênero, ineditismo e data de produção do trabalho. Os vídeos selecionados pela organização da Mostra serão exibidos como parte da programação da Aliança do Vídeo Livre no FISL. Com a reunião destes trabalhos, a AVL Brasil espera fomentar os modelos de licenciamento livre entre as produções nacionais.

A Aliança do Vídeo Livre é uma coalisão de organizações e indivíduos comprometidos com a ideia de que o poder da imagem em movimento deve pertencer a todos. Em um mundo onde o vídeo já é uma forma de comunicação entre indivíduos, as ferramentas para criação, manipulação e compartilhamento de conteúdo nesta plataforma devem estar disponíveis a todos. Além de softwares e ferramentas, a Aliança trabalha para a criação da estrutura legal, comercial e tecnológica que possibilite que as pessoas possam fazer com o vídeo mais do que apenas assistir.

Objetivo

A Mostra do Vídeo Livre 2010 tem como principal objetivo consolidar um espaço de exibição e difusão da produção audiovisual livre das restrições do copyright tradicional. As mostras pretendem reunir programas diversos e personalidades ligadas à Cultura Livre.

Local e Data

A edição 2010 da Mostra do Vídeo Livre será realizada na cidade de Porto Alegre, de 21 a 24 de abril de 2010, durante o FISL 11 – Fórum Internacional de Software Livre. Os vídeos da Mostra serão disponibilizados na Internet no site da AVL.

Clique aqui e faça já sua inscrição!