memeLab

Blog do pixel

Posts com a tag Desvio

Consegi – Interfaces e interação

26 de agosto de 2009Comente!

Interfaces Interativas
– o que as pessoas entendem por interface
– exemplos
— carro
— casa
— videogames

Computador
– pedir para listarem interfaces de computador
— separar em entrada/saída
— entradas
—- quais as maneiras comuns de utilizar entradas?
—- como é possível explorar novas utilizações das entradas e criar novas entradas?

Novas Interfaces
acelerômetros
Wiimote/iPhone/etc
reconhecimento de movimento
CCV
— hardware (LEDs IR / câmera / projetor / superfície)
— software
reconhecimento de marcadores
Reactivision
— hardware
— software
realidade aumentada
ARToolkit
— hardware
— software

Experimentos
– Whiteboard
– Pong

Links
– http://rede.metareciclagem.org/conectaz/Novas-Interfaces
– http://delicious.com/vjpixel/multitouch
– http://delicious.com/vjpixel/augmentedreality
– http://delicious.com/vjpixel/reactivision
– http://delicious.com/vjpixel/pd

oficinas no Consegi

25 de agosto de 2009Comente!

entre 26 a 28/8 haverá em Brasília o Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletrônico – Consegi – onde vou dar as oficinas “Interfaces e interatividade”, junto com Tiago Pimentel (do Projeto Casa Brasil), e “Edição de vídeos com LiVES”.

Interfaces e interatividade
Oficina de experimentação tecnológica. Serão realizados experimentos de interfaces interativas com softwares livres.
Onde: Tenda Cultural Imre Simon
Quando: 26/8, 10 a 12h

Edição de vídeos com LiVES
Na oficina será feita a apresentação do LiVES, um software livre de edição não linear capaz de editar vídeos em tempo real, de modo que pode ser utilizado tanto para edição de vídeos como para performances ao vivo (video jocking). Será apresentado um histórico do software, bem como seus principais recursos e alguns vídeos editados com ele.
Onde: Sala Comunidade Apache
Quando: 28/8, 14 a 16h45

remix

13 de agosto de 2009Comente!

Cap. VI da lei 9610/98

Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:

VIII – a reprodução, em quaisquer obras, de pequenos trechos de obras preexistentes, de qualquer natureza, ou de obra integral, quando de artes plásticas, sempre que a reprodução em si não seja o objetivo principal da obra nova e que não prejudique a exploração normal da obra reproduzida nem cause um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos autores.